Amazon pela Amazônia! Funcionários da Amazon se mobilizam para salvar o planeta e a Amazônia convocando para passeata no dia 20/9.


amazonforamazon.png

Se não me falha a memória o fundador da Amazon, quando lanççou sua então livrariaonline, sonhava que um dia o Rio Amazonas seria connhecido não por ser o maior do mundo mas por ser quele que tem o mesmo nome de seu empreendimento. Hoje podemos dizer que esse dia chegou, e em meio ao aumento das queimadas e desmatamentos na Amazônia, segundo o site Business Insider - Twitter users have hopped on a viral hashtag to ask Jeff Bezos of Amazon (the company) to help save the Amazon (the burning rainforest) (Usuários do Twitter tem esperança que uma hashtag viral possa chamar a atenção de Jeff Bezos da Amazon a ajudar a salvar a Amazônia em chamas) - o presidente do maior ecommerce do mundo está sendo convocado a impedir a destruição do lugar que um dia o innspirou.

té agoa o fundador da empresa ainda não se manifestou sobre os incêndios mas seus funcionários decidiram se mexer, segundo o site da Wired - Amazon Employees Will Walk Out Over the Company's Climate Change Inaction (Empregados da Amazon farão uma marcha de protesto contra a imobilidade da empresa frente às mudanças climáticas) - uma passeata está sendo convocada pelo comitê de empregados pela justiça climática (https://medium.com/@amazonemployeesclimatejustice) para sexta-feira, dia 20/9. Aqui no Brasil, o site da Revista Época repercutiu a notícia sem mencionar a crise na região amazônica, nem usar fotos das queimadas o fez a imprensa internacional: Funcionários da Amazon organizam greve contra as políticas ambientais da eesa.

o videideo convocando para a mobilização, cujo link compartilho no final deste post, depoimentos dos funcionários da Amazon (será que podemos chamá-los de amazonians?) denunciam o desaparecimento de uma das mais belas paisagens do mundo, sua possível extinção em uma década e que não é legal ver tudo pegando fogo. O movimento aproveita a onda iniciada pela ativista ambiental adolescente Greta Thurnberg, que mencionei em meu blog no SportsTalk: Campo de futebol vira floresta em meio a protestos contra queimadas na Amazônia, agora faltam mais 4,199 milhões de clubes fazerem o mesmo para compensar a área desmatada em agosto. E um post no blog do comitê de empregados - Amazon employees are joining the Global Climate Walkout, 9/20 (Empregados da Amazon irão se unir à Passeata Global pelo Clima em 20/9) - enumera os compromissos ambientais que eles exigem que Jeff Bezos e a direção da empresaprometa.

e a meSe a meta do Bezzos foi realmente atingida acho que ele não gostaria de ver o que restar da floresta Amazônica, um deserto em cinzas, massacres dos povos nativos ou uma pastagem gigante, ser conhecida como aquela quem tem o mesmo nome de sua empresa. Talvez a Amazon não siga o caminho da Timberland e outras empresas mais engajadas, que como comentei no post Governadores da Amazônia podem se encontrar com Macron por ajuda contra as queimadas, bem que a reunião poderia ser na Guiana e incluir na pauta o blockchain suspendeu a compra de couro brasileiro e, como noticiou o site B9 - Timberland lança sua maior campanha global: “Nature Needs Heroes” - lançou sua campanha publicitária em reconhecimento aos eco-herois ou atureza.

o iníc

No início da comoção em torno do descontrole das queimadas o site do jornal inglês The Guardian noticiou - Amazon under fire for new packaging that cannot be recycled (Amazon se queima por causa da nova embalagem que não pode ser reciclada) - aproveitando o trocadilho para falar da decisão ecologicamente incorreta da empresa. Quem sabe para aproveitar a oportunidade e a comoção pela Amazônia, a Amazon utilize seus serviços em blockchain - https://aws.amazon.com/pt/blockchain/ - para facilitar o uso da tecnologia no combate ao atraso, como comentei aqui no post Todos pela Amazônia, incluindo quem usa o blockchain e criptomoedas para proteger a floresta e combater o desmatamento, queimadagal.

nclusi>.

Inclusive a empresa poderiamento do pacote Amazon nçamento da Amazon Prime (https://www.amazon.com.br/prime/) no Brasil, cujo possível impacto devastador (no bom sentido) o steemian @slapelis resumiu em seu post Amazon Prime, o destruidor de e-commerce chega ao BR, para engajar os clientes e consusponder com atitude ao protesto e preocupresponder a preocupaçãios.

Amaos.


Amazon Employees for Climate Justice YouTube Channel: Why Amazon Employees are Walking Out on September 20th...


Source of shared Link


Comments 5


Obrigado por postar! Esse comentário é o novo bot que dará upvote 100% para todos os posts que usam a tag #pt.

12.09.2019 20:18
1

Muito bom a iniciativa, porém acho q vai ter represálias do governo, espero q não.

Posted using Partiko Android

12.09.2019 21:23
1

Pelo que já vi na TV ou em lives nas redes sociais acho que nos EUA estes protestos caminhando e segurando placas é corriqueiro, o risco de ter represálias do governo deve ser só quando ocorrem quebra-quebra, barricadas ou tiroteios. Valeu! Sucesso e boa sorte mais uma vez!!

Posted using Steeve, an AI-powered Steem interface

13.09.2019 19:04
1

Parabéns, seu post foi selecionado pelo projeto Brazilian Power, cuja meta é incentivar a criação de mais conteúdo de qualidade, conectando a comunidade brasileira e melhorando as recompensas no Steemit. Obrigado!

footer-comentarios-2.jpg

12.09.2019 22:04
1

Hi @wagnertamanaha!

Your post was upvoted by @steem-ua, new Steem dApp, using UserAuthority for algorithmic post curation!
Your UA account score is currently 4.186 which ranks you at #3221 across all Steem accounts.
Your rank has not changed in the last three days.

In our last Algorithmic Curation Round, consisting of 106 contributions, your post is ranked at #50.

Evaluation of your UA score:
  • Some people are already following you, keep going!
  • The readers like your work!
  • Try to work on user engagement: the more people that interact with you via the comments, the higher your UA score!

Feel free to join our @steem-ua Discord server

13.09.2019 13:39
1