STF transforma o ditado "Cadeia é só para pobre" em uma base do nosso sistema penal e petistas comemoram.


Depois do STF ter decidido que bandido condenado pode ficar solto enquanto tiver dinheiro para recursos recursivos, o que pode ser considerada a legalização do provérbio "Cadeia é só pra pobre", um dos maiores beneficiados politicamente com tal decisão é ninguém menos do que o presidente Bolsonaro e seus aliados mais próximos(para não dizer família).

Estranhamente que em outros lugares do mundo se começa a cumprir pena a partir da condenação em primeira instância, com o réu cumprindo pena enquanto o advogado dele tenta entrar com recursos para conseguir sua absolvição ou libertação em instâncias superiores.

Detalhe que mesmo o Lula tendo sido libertado por uma decisão do STF que legaliza a impunidade dos criminosos ricos, não se questiona o fato de que todas as instâncias até o próprio STF terem mantido a condenação(a maior parte delas por unanimidade), com ele só tendo sido libertado por ainda estarem correndo os Embargos de Declaração, cuja função é apenas esclarecer as decisões judiciárias, e não tentar mudá-las. Ou seja, a condenação de Lula já é definitiva, mas ele permanecerá em liberdade porque seu advogado solicitou os embargos do processo, e depois solicitará os embargos dos embargos para em seguida os embargos dos embargos dos embargos e assim por diante de forma recursiva e mantendo o bandido endinheirado livre.


Enquanto isso Bolsonaro e seus aliados comemoram a nova coalizão antipetista acalmar a guerra civil da direita:


Comments 0